Pages

Notebooks para jogos

Confira a nova lista de notebooks dedicados à jogos, com as configurações Top de mercado, e os melhores custo X beneficio, para você que esta a procura de um notebook para jogar.

Uma longa jornada pelo mundo poop

Apos alguns meses sem upar nenhum poop novo, decidi voltar com tudo, a serie que promete sucesso "Azaventura de niko vascaralho", uma serie feita com Sony vegas e programas de animação...

BGA: Entendendo melhor

Saiba o que é, deonde vem, e como soluciona-lo. Um post especial explicando detalhadamente os sintomas, e como resolve-lo.

Liquido no notebook

Derrubou seu suco ou café no notebook? Não entre em panico! Veja as medidas que deve tomar para evitar danos, e te-lo por muito mais tempo!

Dicas e truques: Fontos de alimentação






A fonte de alimentação (conhecida também como carregador ou ac adapter) é responsável por fornecer energia ao notebook e fazer o carregamento da bateria. É conhecida como adaptador AC pois converte
a energia da tomada de “AC” (corrente alternada) 110V ou 220V para “DC” (corrente contínua) 15V, 16V, 19V ou 20V (dependendo do modelo do notebook). Ao contrário do que muitos pensam, o notebook pode ser ligado normalmente sem a bateria, conectado apenas na fonte.

Fonte original:
É a fonte produzida e / ou fornecida pelo mesmo fabricante do notebook. Em alguns casos o custo é inferior a uma fonte compatível ou a diferença de preços é mínima.

Fonte compatível:
Trata-se de uma fonte produzida por outro fabricante com as características compatíveis com cada modelo de notebook que ela é destinada. Em 90% dos modelos de notebook, o preço de uma fonte compatível é bastante inferior em relação a uma original.
A pergunta mais freqüente sobre fontes compatíveis é se ela pode causar algum dano ao notebook ou a bateria. Uma fonte compatível não causará nenhum dano ao equipamento caso as características dela sejam específicas para o seu notebook, para isso é necessário conferir a voltagem, amperagem e potência. A amperagem (A), não deve ser menor do que está especificado na fonte original e a voltagem (V) não pode ser maior nem menor, mesmo assim existe uma certa tolerância. Por exemplo, um notebook que tenha a fonte original de 19V – 3.42A pode ser ligado sem nenhum problema com uma fonte compatível de 19V – 6A, pois o equipamento irá utilizar apenas a amperagem que for necessária para o seu funcionamento, que no caso é 3.42A.

Pinagem:

Notebooks geralmente usam pinos diferentes que variam de fabricante para fabricante, em geral, existem uns 10 tipos "mais comuns" de pinos, que são aqueles que vem com a fonte universal.

Fonte universal:

Geralmente (quase sempre) chinesas, não é uma fonte muito confiavel. Não por questão de funcionamento, elas prometem geralmente 90w a 120w (w, ou watts, nada mais é do que a multiplicação dos volts x amperes, ex. uma fonte de 19v e 3.42a é uma fonte de 64,98 watts (w) mas geralmente arredonda-se este valor), pois bem, assim como nos computadores de mesa, em que, existem fontes "genericas" que prometem mais do que podem fornecer, tambem existem as generica de notebook. Estas são feitas com materiais de qualidade duvidosa, e não são uma boa opção para notebooks de 17" e/ou notebooks gamers, que exigem mais energia que os notebooks comuns.

Resumindo, se você pretende comprar uma fonte universal e tem um notebook ou netbook comum, não tem problema, mas se seu notebook é de 17 e usa uma fonte de alimentação de 6 amperes (geralmente mais de 100w), essas fontes não são uma boa pedida, apesar de vir escrito que são de até 130w, elas não fornecem isso de verdade em 19v, ou se fornecem, é quase se matando para o faze-lo, pode prejudicar tanto ela mesma quanto a fonte interna do notebook.


Descubra quem é o real fabricante do seu notebook!





Hoje em dia, é possível comprar notebooks até em supermercados. Além das marcas conhecidas, tais como Dell, HP, Toshiba, Asus e outras, temos hoje em dia notebooks das marcas mais obscuras, da Amazon à CCE.
A verdade é que, apesar das centenas de marcas diferentes, quase todos os notebooks à venda no mercado são na verdade fabricados por um pequeno número de fabricantes, como a Quanta (http://www.quantatw.com), Compal (http://www.compal.com) e a Clevo (http://www.clevo.com.tw), que embora não vendam notebooks sob sua marca, desenvolvem e fabricam equipamentos para inúmeros outros fabricantes que os vendem sob sua marca, tais como a HP, Dell, etc. Estes fabricantes são chamados genericamente de "Contract manufacturer" (CM).
O mesmo acontece com os integradores nacionais, como a Positivo e Amazon. Com exceção de algumas das etapas finais da montagem, empacotamento e venda, praticamente tudo é terceirizado. A grande maioria destes modelos populares são na verdade fabricados pela Compal, Clevo ou a ECS.

A Toshiba já foi uma das maiores fabricantes de notebooks, mas atualmente terceiriza a maior parte da produção para a Compal. Outro caso interessante é o da IBM, que vendeu sua divisão de notebooks para a Lenovo.
Temos em seguida o time de fabricantes que vendem equipamentos sob sua própria marca, como a Asus, a ECS e a Acer. A Asus por exemplo, fabrica desde os Apple Mac Book até algumas séries do Playstation 3, enquanto a Acer fabrica alguns dos notebooks da Dell e de diversos outros integradores espalhados pelo mundo.
O fato de fabricar ou terceirizar acaba influindo pouco no preço final dos produtos, pois devido à concorrência, os fabricantes trabalham com margens muito apertadas de lucro. Se a Acer e a HP resolvessem produzir um notebook com a mesma configuração, onde a Acer o fabrica diretamente e a HP o terceiriza para a Quanta (por exemplo), o custo inicial acabaria sendo praticamente o mesmo. As diferenças de preço são geralmente introduzidas mais adiante no processo, quando são incluídos os gastos com distribuição, marketing, substituição de aparelhos na garantia e a margem de lucro de cada fabricante. Quem consegue ser mais eficiente na combinação de todas estas etapas, acaba levando a melhor.
Essa confusão entre fabricantes, CMs e integradores cria um grande problema para quem precisa baixar drivers e utilitários para algum modelo específico. Vamos então a uma lista dos principais fabricantes e integradores e os links para baixar drivers e utilitários:
Lenovohttp://www.lenovo.com/support/br/
(a página inclui também manuais técnicos detalhados para a maioria dos modelos).
Compal: Embora a Compal venda um número muito pequeno de notebooks sob sua própria marca, ela é a verdadeira fabricante de uma grande parcela dos notebooks vendidos pela Amazon, Toshiba e outros. O Amazon L81 é na verdade um Compal EL81, o Amazon L71 é um Compal DL71 e assim por diante. Os drivers para notebooks fabricados pela Compal podem ser encontrados no: http://www.compal.com/asp/driver_dnd/.
Clevo: A Clevo é a verdadeira fabricante da maior parte (senão todos) os notebooks da Positivo, entre outros integradores nacionais. O Positivo V41, por exemplo, é na verdade um Clevo M540S. Os drivers estão disponíveis no: http://www.clevo.com.tw/download/
Além de drivers, as páginas de download da Compal e Clevo incluem manuais e até mesmo guias de desmontagem (para alguns modelos). As fotos incluídas nos manuais também ajudam a identificar os modelos vendidos pelos integradores nacionais em caso de dúvidas.


Foto do manual do Clevo M540S e foto de divulgação do Positivo V41.
Nota alguma semelhança?
Uma boa forma de descobrir qual é o real fabricante de um notebook é através do endereço MAC da placa de rede. Os 6 primeiros dígitos do endereço MAC são um código que identifica o fabricante da placa de rede ou, no caso dos aparelhos atuais, do fabricante da placa-mãe, que inclui o chipset de rede onboard. Como cada fabricante pode usar apenas seus próprios códigos ao produzir as placas, a busca permite descobrir com uma boa dose de certeza quem é o fabricante real.
Para isso, acesse o http://standards.ieee.org/regauth/oui/ e faça uma busca pelos 6 primeiros dígitos do endereço MAC. Ele retornará os dados da empresa responsável pela faixa. Por exemplo, o código da Asus é o "00:15:F2", enquanto o código da Compal é o "00:16:D4".

Meu Acer 6920g agora perfeito

Olá pessoal, como prometi, fiz o procedimento que postei aqui sobre o concerto definitivo do Acer Gemstone 6920g, na verdade não eu, mas sim um amigo meu Marcos da Press Print informática, que possui todos equipamentos e materiais necessários para o reparo.

Fiz, testei, e esta 100%, nada de bios modificada, nada de rmclock, meu core2duo t9500 2.6ghz, está rodando novamente à seus incriveis 2.6ghz! Joguei a tarde toda nele, Mafia 2 e GTA 4 (estupradores de CPU), e rodaram liso.

Para quem for fazer em casa, fica a dica: certifique-se de segurar os componentes do verso da placa, pois o calor do soprador de ar quente pode desprende-los. Foi realmente necessario um sopro do capeta para derreter a solta (pensamos até que o capacitor estava colado com resina), foram soldados 2x 220uf, 2x 330uf, e o note ficou perfeito.

Netbooks de 300 reais, vale a pena ou não?


Resolvi fazer este post já que estamos no final de 2012, muita gente resolve comprar esse tipo de produto para dar de presente, mas as vezes a pessoa que recebe o presente pode lhe agradecer com um sorriso amarelo.

Vamos direto ao que interessa: É UM PRODUTO CHINES. ok, ok, preconceitos a parte, os produtos chineses não tem uma boa reputação, é claro, não podemos generalizar, os tenis de marca, peças de notebooks como os Apple também vem da China, porem são importados normalmente. E estes netbooks? Alguem ja viu a marca real deles? Todos eles tem carcaças iguais, mas cada um tem um nome ou marca diferente, cada vendedor do Mercado Livre refere-se ao produto por um nome diferente, o mais comum era EYO Seven.

A realidade: Uma pessoa com pouco conhecimento na area de informática, irá apenas ver a aparência, ele não é la aquelas coisas em termos de aparencia, mas quem o compra acha justo em vista do preço, mas o problema é compra-lo achando que ele faz o mesmo que um netbook comum ou o mesmo que um tablet. Ele costuma vir com um dos dois sistemas: Windows CE ou Android.

Não sabe o que é Windows CE ou Android?

Windows CE: Este "Windows" não é como o windows xp, ou windows 7, na verdade não é igual a windows algum, apenas é "igual" em aparencia. Ele é um Windows muito antigo, desenvolvido no começo dos anos 2000 para celulares super avançados daquela época (antes da intensão do iphone e samsung galaxy) a ideia era ter um celular que aceitasse programas feitos pela microsoft, e que parecesse super a frente dos celulares daquela epoca. Também foi desenvolvido uma versão deste Windows CE para PDAs.

Peraê, você não sabe o que é um PDA?



Isso é um PDA. Antes da invenção dos iPhones e Galaxys, as pessoas usavam um celular para fazer ligações, e um PDA (Personal Data Assistant) ele é praticamente uma agenda eletrônica, onde você colocaria anotado seus afazeres do dia-a-dia, ele te avisa a hora que uma reunião começa, para você não chegar atrasado, tem calendário, um ou outro joguinho, em fim, coisa que qualquer celular hoje em dia tem.

Os PDAs foram ficando populares, até que resolveram criar PDAs que tivessem teclado igual de notebook pois seria mais facil de digitar, então criaram PDAs como o HP Jornada e o Nec 900





Notem que todas as imagens destes PDAs eles estão rodando Windows CE, versão para PDAs comuns e Versão para pdas com teclado (NEC).

Isso a uns 10 anos atrás, era espetacular, os computadores eram grandes demais para serem usados no bolso, e os celulares eram apenas uma porcaria gigante que apenas servia para ligações, para os empresários, isso era uma invenção magnifica!

Hoje em dia ja não é mais necessário, até os celulares chineses ja fazem com um pé nas costas, o que um PDA fazia com muito esforço, mas o que acontece, é que resolveram piratear a ideia basica do PDA da NEC e da HP: Fazer um PDA que parece o que hoje conhecemos como netbook, e vender para otários como se fosse a maior maravilha do mundo pelo melhor preço!


Estes netbooks que vendem por aí tem alguns "detalhes" que os vendedores não dizem, que lhe decepciona um bocado, mas é claro, você casou com o que comprou, pois se pagou 300 reais nele e viu que é uma porcaria, vai vender por quanto? 100?

- Wireless: o Wireless dele (internet sem fio) é fraco. Ele usa um antigo sistema de comunicação que muitas vezes só permite conectar-se a redes sem fio com um tipo de criptografia chamada WEP, as novas redes sem fio já são criptografadas com WPA2, que por sinal, este "netbook" não trabalha, ou seja: o WIFI dele é praticamente inútil.

- Teclado: nas fotos parece algo supimpa, mas na realidade as teclas dele parecem teclas de um smartphone, são pequenas, muito sensíveis, da a impressão de que é um produto feito apenas para mulheres.

- Bateria: É claro, que como todo produto falsificado e chines, este não ficaria de fora... A bateria dele é de baixa qualidade (é claro que não iriam usar das caras, é um netbook que você compra por 89 reais no atacado!) ela até dura umas boas horas... no começo. Ela vai pegando vicio com o passar dos DIAS, ou seja, cada vez que você descarrega e carrega, a bateria vai durar um pouquinho menos. Quando ele tiver uns 6 meses a bateria vai durar metade do que durava quando ele era novo.

- Velocidade: Bem, por um netbook que custa 300 reais, não dava pra esperar que fosse um core i7... Mas até para tarefas mais simples, como ver um video no youtube, pode se tornar um caos. O processador dele é fraco, logo, até para tarefas simples ele irá se matar para realiza-la. Isso logicamente gera calor, que gera outro ponto negativo dele, esquenta demais!

- Fragilidade: Neste caso vai de cada um, mas eu pessoalmente achei o plastico dele muito fraco, ainda mais para um produto portátil que tende a ser derrubado varias vezes durante seu tempo de vida útil.


- Ultimo e o pior: SISTEMA OPERACIONAL: Você comprou com Windows CE? Pois bem, já deve ter visto que este Windows não roda NADA do que o Windows comum de computadores e notebooks comuns faz. Nada de office, nada de downloads de jogos, nada de flash, nada de reprodutores de musica, nada de plugins de redes sociais... Ele é um Windows muito antigo, tanto que a Microsoft parou de faze-lo a muito tempo, os programas que existiam para ele são raramente encontrados na internet, ou seja, do que adianta um computador sem programas?

Click na imagem ao lado para ler mais sobre o Windows CE (Wikipédia).

Aí você decide levar o android. Legal, esse tal de android não é aquele que tem no Samsung Galaxy? Poxa, então sai no lucro agora hein.... Errou denovo. O Android que vem no Galaxy e em celulares modernos é diferente dos que estão nestes netbooks. Os celulares modernos são mais rápidos, tem mais memoria, logo vêem com uma versão mais avançada, que roda jogos e aplicativos mais avançados! O android que vem nesses netbooks é um android "varrido", que não tem muitos programas e praticamente não aceita novos programas por sua incompatibilidade.

Windows CE Parecido com Windows XP

Resumindo: É basicamente o mesmo que eu pegasse um computador dos anos 90, colocasse num gabinete bonito e moderno e instalasse um programa para deixar seu sistema com aparência do Windows 8, mas depois que você comprar, você nota que é um computador lento (por ser velho) que aquele Windows 8 não passa de um Windows 98 com apenas a aparência de Windows 8.

Concerto permanente/definitivo Acer 6920g (placa mãe e capacitores)

Bem pessoal, eu não manjo quase nada de eletrônica, mas depois de algumas pesquisas estou postando o resultado detalhado para quem quizer arrumar ou quizer mandar arrumar (a maioria dos tecnicos iriam passar dias procurando o defeito na placa e é bem capaz de encontrar um defeito que não existe) então se você como eu não manja de eletrônica, apenas leve num tecnico e peça para substituir o nec/tokin por 2 tantalo de 220uf e 2x de 330uf .


Basta substituir o NEC/TOKIN OE907 (um capacitor grande, apenas um), por esses tantalo 220 e 330uf 10vdc 

ATENÇÃO: Algumas pessoas dizem que substituindo por 4 de 330uf não da certo, mas a maioria (dos que nao obtiveram exito) usaram 2 de 330uf, e 2 de 220uf!!!

Curta explicação:
Na realidade estes capacitores estão ligados na linha VCORE, ou seja influenciam diretamente na aliementação do processador, pela lógica tensão e corrente são inversamente propocionais ou seja quando o processador stressa aumenta a corrente, a tendência e dimininuir a tensão ( para isto existe os pwms) para evitar esta queda através da compensação através de controle de pulsos, porém os capacitores estão ligados na saída da carga para mantér estavél está tensão independente da corrente, se estiverem danificados não estabilizam a tensão travando o processamento, quanto a valor lembro sempre que deve ter uma capacitancia proxima ao valor de projeto, caso este valor seja alterado " muito" o capacitor poderá demorar para caregar ou até mesmo não fazer sua carga completa, influenciamento diretamente no seu funcionamento. 

Resumo: tem que dar no total 1100uf.

Pelo que pesquisei na internet, todos notebooks que usam esse maldito nec/tokin dão o mesmo problema, seguem imagens de outras placas que foram substituidos este pequeno vacilão:


Qual procedimento a tomar em um equipamento sem video

Em resposta à Emanuel Manuel


18/11/12 21:45
Ola Rikintosh. Eu sou o Emanuel sou tecnico em eletronica mas estou reparando notebook ja a 1 ano e sempre quiz ser um perito em manutenção de notebook, sei que terei que me esforçar muito e muito. eu estou postando aqui algumas duvidas que nunca me deixaram em paz desde: quais sinais devem ser testados em um notebook quando liga mas não da imagem (sabendo que a memoria e hd estam bons) e onde começar o teste destes sinais. agradeço a sua ajuda

Então, eu não posso dizer muito sobre isso, trabalho com notebooks a apenas 7 anos, e o que sei aprendi no dia a dia "bisbilhotando" em notebooks e na internet.

Geralmente qdo me chega um notebook com este diagnostico, a primeira coisa que vejo é o modelo, uma rapida busca na internet você descobre se é um defeito de serie, por exemplo, se lhe chegar um hp pavilion dv6000 com esse diagnostico, vc pode ter 95% de certeza que é o bga do chipset de video, pois trata-se de um problema de serie (vicio oculto), ou seja, o notebook é vendido com o problema ja de fabrica, mas este só se manifesta depois de meses de uso, isto porque, o design do notebook, o projeto em sí, é mal feito, mal pensado, o dissipador de calor não encosta no chipset, usa uma borrachinha para fazer a troca de calor e preencher o espaço de 1mm de distancia entre eles, esta por sua vez, fica velha, fina e derretida como um chiclete mastigado, fazendo o video superaquecer, e quebrar as soldas com qualquer choque termico.

O diagnostico "sem video", "liga, mas nao da imagem", quase sempre esta associado a placa de video e suas soldas, isso porque, nos ultimos 10 anos, os notebooks (principalmente com chips nvidia, em especial a serie 6, 7 e 8) vem sendo feitos com chips mais poderosos e mais "quentes".

O que acontece é mais ou menos isso: Um design projeta uma placa mãe para o notebook de acordo com algumas exigencias da empresa (ex.  a HP pede para projetar um notebook mid-end para ser vendido a mais ou menos 1500 reais) a empresa faz uma "parceria" com a nvidia, a nvidia oferece um chipset de video (ex. geforce gts250) junto com este, suas espeficiações, entre elas, o quando gera de calor, nivel de dissipação de calor que é necessaria para refrigera-lo, mas algumas vezes o fabricante do notebook ou da placa de video, coloca estas "regras" beirando os limites, muitas vezes propositalmente para o notebook parar de funcionar depois da garantia acabar. O que ocorre: O notebook tem um dissipador que pode dissipar a quantia simbolica de "8 de calor", o chip de video por sua vez, tambem gera "8 de calor", mas com o passar dos meses, voce vai usando, pó vai entrando, vai deixando sujo o dissipador, entao ele não consegue tomar muito ar por estar obstruido, assim, gerando mais calor dentro do notebook, então o dissipador passa a estar dissipando "5 de calor" e a placa de video gerando "10 de calor", ou seja, superaquecendo a maquina. As soldas empregadas no chip, são produzidas com 0% de chumbo, o chumbo é necessario para deixa-las mais resistentes, principalmente, a mudanças bruscas de temperatura (dentro de um limite é claro), nos EUA esta terminantemente proibido o uso de eletronicos com chumbo, pois ao serem descartados fazem mal a natureza, bla, bla, bla...

Concluindo, o notebook esta hiper quente, principalmente se voce ve um filme, ou usa jogos, aí voce para de fazer o que esta fazendo, e o desliga. Ele ira parar de gerar calor e irá esfriar rapidamente (principalmente num dia frio, ou com um ventilador virado pra ele), o choque termico ocorrerá, a solda irá trincar, da proxima vez que o dono for ligar, ele não ira gerar video.


Modelos comuns: Com placa de video nvidia, notebooks gamer (aliwnare, asus, razer, etc...), notebooks HP em geral (até hoje usam o estupido sistema de borrachinha), notebooks marca notebook (ex. positivo, cce, itautec, intelbras, firstline...), e alguns casos, até notebooks com placa de video Intel.




A segunda hipotese: Inverter ou lampadas do lcd. Porem neste caso, o LCD deve aparecer com imagem BEEEEEM escura, a ponto de conseguir ver em determinado angulo contra a luz, se isso ocorrer, é o inverter, ou lampadas do lcd (consiste na troca da tela inteira, pois geralmente a troca da lampada é muito arriscado por ser venenoza, e o lcd fragil demais para ser aberto).


Uma rapida explicação: Seja LCD, seja LED, ou o que for, são lampadas. Lampadas como as flourecentes. Assim como as flourecentes, as do lcd tambem precisam de um reator, o nome do reator nos notebooks é LS Inverter, ele transforma os 12v da fonte do notebook, em alguns milhares de volts para as lampadas (tenha muito cuidado ao manusear um, jamais com o notebook ligado, tomar um choque nesta coisa é o mesmo que segurar um fly back de monitor CRT!) o inverter raramente queima, geralmenet fica fraco, pede a força, quando falta 1v na lampada do lcd, ela pode ficar piscando que nem uma balada rave, ou simplesmente não ligar. Alguns inverters tem um parafusinho bem pequeno que mede a dosagem de energia, virando 0,1 grau sentido horario geralmente é o suficiente. Caso não resolva, tente mais um grauzinho, mas caso você ja tenha tentado muitas vezes, é provavel que seja a lampada mesmo.


Terceira hipotese: Porem esta deve ser verificada antes da segunda: FLAT. O flat é um cabo que liga o lcd a placa mãe, é por ele que passam energia para inverter, dados para o lcd, antena do wifi, etc. Ele geralmente é um bocado frágil, um tombo que o notebook leva, pode quebra-lo. O negocio esta em pegar outro cabo e testar.


Voltando ao caso BGA, se for bga, esqueça reflow, faça o reflow apenas se o cliente precisa com urgencia o equipamento devolta, e mesmo assim estando ciente de que o serviço nao tem garantia, não compre mais que 80,00 por um reflow. As soldas vão quebrar novamente, muito em breve, o mais longe que ja vi um reflow chegar foi 4 meses. O correto é refazer o BGA, inteiro, (tirar o chip, tirar as soldas, colocar novas soldas com chumbo) e mesmo assim, algumas vezes não é o suficiente para evitar problemas futuros em algumas maquinas. O valor de um reparo de BGA varia muito de região para região, existe pessoas que conseguem faze-lo por 100, outros não fazem por menos que R$ 450,00, o certo é analizar um raio de 10km de onde você esta para ver se não existe muita concorrencia, e cobrar um valor racional (muitas pessoas vão te levar um notebook de 2008, ou mais antigo para arrumar, cobrar um valor de 450 fica inviavel uma vez que um igual ao do cliente custa 500 funcionando, este vai preferir comprar outro notebook), se não tiver uma estação de retrabalho, procure fazer parceria com alguem que tenha, troca de serviços, e um bom valor para terceirizar o serviço (claro, confiança sempre em primeiro lugar!).

Direct X - A Evolução [Parte lV]




Unreal Tournament 2003 (DirectX 8.0)


Apenas dois meses depois, DirectX 8.0 foi lançado em Novembro de 2000, seguido pela versão 8.0a (que foi a última versão com suporte para Windows 95), em Fevereiro de 2001. Esta versão do DirectX suportada processadores gráficos programáveis ​​e, portanto, tinha suporte para Pixel e Vertex Shader processamento. Geforce 3 foi o único GPU com esse recurso na época. É preciso dizer que este foi um dos pontos de viragem no cronograma de desenvolvimento DirectX como tinha começado mostrando a flexibilidade que não foi possível em sua API rival - OpenGL. DirectDraw também foi eliminada como uma API separada e seus recursos foram tomados por Direct3D.

Os mais vistos